sábado, 12 de março de 2016

Fica a dica!

Muita gente desconhece que existe no SUS a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, que contempla diversos profissionais e recursos terapêuticos, os quais são denominados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) de medicina tradicional e complementar/alternativa (MT/MCA) (WHO, 2002).

 Tais sistemas e recursos envolvem abordagens que buscam estimular os mecanismos naturais de prevenção de agravos e recuperação da saúde por meio de tecnologias eficazes e seguras, com ênfase na escuta acolhedora, no desenvolvimento do vínculo terapêutico e na integração do ser humano com o meio ambiente e a sociedade. Outros pontos compartilhados pelas diversas abordagens abrangidas nesse campo são a visão ampliada do processo saúde-doença e a promoção global do cuidado humano, especialmente do autocuidado.


Nas Práticas Integrativas Complementares em Saúde (PICS) há a contemplação de diversas áreas  como meditação, reiki, acupuntura, homeopatia,  fitoterapia, medicina antroposófica, dentre outras.

E em Uberlândia, houve a inauguração do Centro de Referência das PICS! 

Para ter acesso à reportagem completa clique aqui.




Nenhum comentário:

Postar um comentário